programa, que tem um pagamento mínimo de R$ 600, pode liberar até R$ 1.400 para algumas famílias

Créditos/Rede Brasil News- Imagem com Direitos Autorais

O programa Bolsa Família, que é pago mensalmente pelo governo federal a famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade social e econômica, garante renda adicional aos seus beneficiários. O programa, que tem pagamento mínimo de R$ 600, pode liberar até R$ 1.400 para algumas famílias.


Esse valor está disponível para quem atende a determinados requisitos estabelecidos pelo governo federal. Isso porque o Bolsa Família tem muitos programas adicionais que lançam recursos adicionais, aumentando o valor mínimo pago mensalmente.


De acordo com a especialista Lila Cunha, para receber pagamentos adicionais, a família precisa atender aos critérios estabelecidos pelo governo. Além disso, também é essencial manter o CadÚnico atualizado.


Os valores pagos variam de acordo com cada complemento. Como as famílias podem somar benefícios adicionais, é possível garantir pagamentos de até R$ 1.400. O governo federal deposita os recursos na caderneta de poupança da Caixa Tem, com o pagamento principal de R$ 600.





Confira a lista completa de complementos do Bolsa Família:

Direito à renda de cidadania: adiciona R$ 142 por membro da unidade familiar;

Complemento de benefício: realiza pagamentos a famílias cujo total de benefícios não atinja o valor de R$ 600;

Benefício Primeira Infância: liberado R$ 150 mensais por criança de zero a sete anos;

Benefício Variável Família: paga um adicional mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;

Direito variável a leitos de enfermaria: adicional de R$ 50 por integrante até sete meses de idade;

Recurso de transição excepcional: Disponível até maio de 2025. Ela garante que nenhum

Beneficiário receba menos do que o valor concedido no auxílio brasileiro.

Veja o calendário completo de pagamentos do Bolsa Família em junho:

NIS final 1: pagamento no dia 17 de junho (antecipado para famílias em municípios em situação de calamidade);

NIS final 2: pagamento no dia 18 de junho;

NIS final 3: pagamento no dia 19 de junho;

NIS final 4: pagamento no dia 20 de junho;

NIS final 5: pagamento no dia 21 de junho;

NIS final 6: pagamento no dia 24 de junho (antecipado o dia 22 de junho);

NIS final 7: pagamento no dia 25 de junho;

NIS final 8: pagamento no dia 26 de junho;

NIS final 9: pagamento no dia 27 de junho;

NIS final 0: pagamento no dia 28 de junho.